BARRAS DE ACCESS® uma terapia com resultados rápidos e duradouros

BARRAS DE ACCESS® uma terapia com resultados rápidos e duradouros

​As Barras de Access integram o método Access Consciousness® que inclui um conjunto de ferramentas, técnicas práticas e processos desenhados para facilitar mais consciência e mudança, desenvolvido por Gary Douglas no início dos anos 90.

O que são as Barras de Access?
‘As Barras’ são uma terapia que consiste em ativar 32 pontos na cabeça que, uma vez tocados, iniciam a ativação de barras energéticas que permitem que padrões de comportamento, sistemas de crenças, pontos de vista e medos que temos repetido, desde a infância ou outras vidas, se comecem a desfazer.
Cada Barra corresponde a uma área da nossa vida (cura, corpo, envelhecimento, alegria, tristeza, comunicação, controle, consciência, criatividade, poder pessoal, sexualidade, dinheiro, etc.) e numa sessão pode libertar Muitos Anos… de limitações na área de vida correspondente à Barra específica tocada. As ondas cerebrais abrandam permitindo que a energia estagnada seja libertada e renovada.

As Barras dizem respeito ao corpo aprender a receber, e o verdadeiro receber é permitir ao corpo criar outras escolhas e outras possibilidades.

A primeira sessão é um presente para você.
21-99913-4566

Sobre o Autor

Lou Fernandes administrator

2 Comentários até agora

Beatriz MachadoPostado em12:07 am - set 30, 2018

Olá.
Gostaria de saber sobre barras de access. Os valores e quantas sessões são necessárias.
Obrigada

    Lou FernandesPostado em9:12 am - nov 29, 2018

    Olá Beatriz,
    bem vinda!
    As Barras de Access é um tratamento que promove alívio e mudança na forma como a pessoa vem lidando com situações que não consegue resolver.
    Excelente para todo tipo de comportamentos repetitivos e padrões limitantes.
    A primeira sessão é gratuita e conforme a pessoa se sentir, elaboramos um pacote.
    Porque o ideal é que se faça 4 sessões.
    Estou a sua disposição.
    Passa um zap para mim
    21-99913-4566
    Beijos
    Lou Fernandes

Deixe uma resposta